» » » Quando devemos investir em pessoas?





Neste novo modelo de mercado que estamos inseridos cada vez mais fica caracterizado a necessidade de se desenvolver pessoas. E este processo, o de transformar pessoas enquanto colaboradores traz novas e inovadores ferramentas para o mercado atual, e são nessas novas áreas que muitos profissionais, novos ou antigos estão se destacando.



Pois bem, vamos a questão desenvolver talentos, já devem ter ouvido os termos, Gestão por competência, Gestão do conhecimento, Desenvolvimento de talentos, Coach, Mentoring, etc. Essas ferramentas são umas das mais usadas para aperfeiçoar capacidades, ou seja, desenvolver e qualificar mão-de-obra.



Antigamente quando um colaborador não se saia bem na realização de alguma função, muitas vezes ele era dispensado, afinal viviamos na era das máquinas, mas hoje ele pode e deve ser remanejado. O que é fato, e não podemos mais negar, é que todos enquanto pessoas tem uma habilidade e é isso que as empresas tem que buscar. Já passou por aquela situação: Eu não sou bom em nada, ou ainda, "ele" não é bom no que faz e não se enquadra aqui. São situações até rotineiras.



O que vem ocorrendo nas grandes empresas hoje em dia, é a valorização de um colaborador ao ponto de aperfeiçoa-lo e estímula-lo a desenvolver seu talento. Mas até que ponto isso se torna válido? Pense bem, qual é a força principal de sua empresa, suas máquinas ou seu pessoal? Não precisamos ir muito longe nem pesquisar em livros para saber a necessidade que nós enquanto empresa temos de pessoas enquanto colaboradores. E nosso cenário não está muito favorável, mão-de-obra qualificada está cada vez mais dificil de se encontrar, os bons profissionais estão em grande parte já empregados, o que nos resta, DESENVOLVER - MOLDAR BONS PROFISSIONAIS PARA NÓS.

Chegamos em um ponto que não adianta mais descartar o fato da necessidade de se agregar valor as pessoas, o mercado está nos impondo isto. Temos que reconhecer nossos coloboradores, cada qual com sua peculiaridade e buscar cada vez mais desenvolvê-los, não basta mais apenas trocarmos de colaborador quando este não "der conta do recado", entrada e saída de colaboradores gera despesas, muitas despesas, temos que fazer nossos colaboradores serem capazes, fazendo-os se desenvolver e fomentando sua sede por aprendizagem, e claro o retorno se dará em maior produtividade e melhor qualidade.



Vanderlei Moraes

Administrador de Pessoal









Gostou do Blog? Vote e ajude a crescer - basta um clique





Gostariamos de saber o que achou do texto, faça um comentário!

Postador Vanderlei Moraes

Aqui você coloca uma descrição do postador exemplo. Oi lá! eu sou um verdadeiro entusiasta Na minha vida pessoal eu gastar tempo com a fotografia, escalada, mergulho e passeios de bicicleta da sujeira.
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta